Prefeitura de Novo Itacolomi

Novo Itacolomi busca qualidade de vida na cidade e no meio rural.

Na tarde deste sábado(19) de Março, o Prefeito Moacir Andreolla(PSD), esteve concedendo entrevista no programa “de olho na cidade” do portal Tn on line. Na entrevista Moacir fez um balanço de sua administração e falou de seus projetos para 2022 e nos próximos anos.Moacir Andreolla está cumprindo seu quarto mandato como prefeito de Novo Itacolomi. E todas as vezes que comandou a Prefeitura sempre direcionou um trabalho de controle de ações em benefício tanto da área urbana como da zona rural.

Para o prefeito, a cidade precisa do meio rural para sobreviver, assim como o meio rural também depende de quem mora na cidade. Daí a necessidade de a gestão pública investir pesado nas duas áreas. Sobre o que a administração municipal fez no ano passado, Andreola assinala que, apesar da crise da pandemia, ainda foi possível fazer muita coisa em favor da população de Novo Itacolomi. “O ano de 2021 foi um ano diferente, eu que estou no meu quarto mandato como prefeito senti muitas mudanças e dificuldades por conta da pandemia, mas nós estamos conseguindo bons resultados para o município”, assegura Andreola. Ele acrescenta que, mesmo numa situação desfavorável, conseguiu cumprir aquilo que foi proposto na época de campanha, num trabalho conjunto com o vice-prefeito Wilson Romualdo Lopes (PSL) e os vereadores. Ele acredita que em 2022 será possível conseguir mais ainda.

No caso da agricultura, por exemplo, Andreola cita várias ações desenvolvidas em benefício das comunidades rurais neste início de mandato, entre elas, o cascalhamento da maior parte das estradas rurais, além da aquisição de máquinas de apoio a esse trabalho. “Nosso município é composto por 43% da população vivendo na área rural, então temos que dar uma atenção especial para eles, pois nós tivemos muitos problemas com quatro anos de seca, a qual trouxe sérios prejuízos para o agricultor”, relata. “Quando a agricultura vai bem, todos os setores da economia vão bem, mas quando a agricultura vai mal todos os demais setores vão mal”, afirma, lembrando que esse ano será uma no caos na produção de soja. “Mas vamos continuar apoiando o pequeno agricultor, como sempre foi, com a patrulha mecanizada e outros atendimentos. Nosso objetivo é fazer com que os nossos agricultores e nossos habitantes tanto urbano quanto rural tenham uma qualidade de vida melhor”, completa.

Deixe uma comentário